AUTORES E CONFERENCISTAS [em actualização]

 

MÁRIO AVELAR

MÁRIO AVELAR | Doutor em Literatura Norte-Americana (Universidade de Lisboa, 1993), Professor Catedrático de Estudos Ingleses e Americanos (Universidade Aberta Portuguesa, 2005-). Vice-Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa, membro da Academia Portuguesa da História e da Academia de Marinha. Investigador integrado do CEAUL. Coordenador da Comissão de Ensino Superior, Educação, Ciência e Tecnologia da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (2015-). Foi bolseiro Fulbright (1985), presidente da Associação Portuguesa de Estudos Anglo-Americanos (2009-2011), membro do board da English European Studies Association (2009-2011), pró-reitor (1999-2002) e vice-reitor do Universidade Aberta (2002-2006). Autor de livros e ensaios sobre estudos Anglo-Americanos, estudos Interartes e estudos fílmicos. Autor de dois romances, Pentâmetros jâmbicos e Inveja, uma novela académica, ambos publicados pela editora Assírio & Alvim, a sua poesia reunida surge sob a chancela da Imprensa Nacional sob o título Coreografando melodias no rumor das imagens, assim como o seu mais recente livro de ensaios, Poesia e Artes Visuais – Confessionalismo e écfrase. Os seus outros livros de ensaios intitulam-se, respectivamente, América – Pátria dos heróis (Colibri), Sylvia Plath, O rosto oculto do poeta (Cosmos), História(s) da Literatura Americana (Universidade Aberta), Ekphrasis – O poeta no atelier do artista (Cosmos), O nascimento de uma nação – Nas origens da literatura americana (Cosmos), O essencial sobre William Shakespeare (Imprensa Nacional), O essencial sobre Walt Whitman (Imprensa Nacional). Traduziu vários autores de língua inglesa, entre os quais, Herman Melville, Gerard Manley Hopkins, Virgínia Woolf, Sylvia Plath, Mary Renault, Robert Lowell e Lewis Carroll.

Participará no Painel Literário LITERATURA E ARTES PLÁSTICAS no dia 5 DE AGOSTO

MÁRIO AVELAR | Phd on American Literature (Lisbon University, 1993), Professor of English and American Studies (Portuguese Open University, 2005-). Vice President  of the Lisbon Geographical Society and of the Religious Cultures Research Centre (Portuguese Catholic University). Member of the History Portuguese Academy and of the Portuguese Navy Academy. Researcher of ULICES - University of Lisbon Centre for English Studies. Coordinator of the Higher Education and Science Commission of the Community of Portuguese Speaking Countries (2015-). Fulbright fellowship (1985), member of the board of the English European Studies Association (2009-2011), and vice-Dean of the Portuguese Open University (2002-2006). Author of books and essays on Anglo-American Literature, on Inter-Arts Studies and Film Studies. Author of two novels. Imprensa Nacional published his Collected Poems (2018), and his latest book of essays on the dialogue between and the visual arts (2018). He has translated several English-speaking authors, namely Herman Melville, Gerard Manley Hopkins, Virginia Woolf, Sylvia Plath, Mary Renault, Robert Lowell, Lewis Carroll. 

| LITERATURA E ARTES PLÁSTICAS ON AUGUST 5 |

 

NUNO FERREIRA BICHO

NUNO FERREIRA BICHO | É Director do Interdisciplinary Center for Archaeology and the Evolution of Human Behavior (ICArEHB) e Professor Associado com Agregação na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve. Licenciado pela Universidade Lusíada de Lisboa, fez o seu Doutoramento em Antropologia, especialidade de Arqueologia, na Southern Methodist University, Dallas, Texas, EUA, em 1992. Foi docente nessa universidade entre 1988 e 1990, e em 1993-1994 na Drew University, Madison, New Jersey. Em 1994 regressa a Portugal e inicia o seu trabalho na Universidade do Algarve. Participou em trabalhos de investigação arqueológica, nos EUA e no Equador. Tem coordenado projectos de investigação internacionais sobre Pré-história desde 1987 na Estremadura, Ribatejo e no Algarve, com financiamento do extinto Instituto Português de Arqueologia, Fundação para a Ciência e Tecnologia, National Science Foundation dos EUA, Wenner Gren Foundation e do Archaeological Institute of America.

Foi o primeiro bolseiro português da National Geographic Society, a qual lhe atribuiu posteriormente outras bolsas, em 2006, 2015 e 2016. Iniciou recentemente um projecto em Moçambique em colaboração com a University of Louisville, EUA, e com a Universidade Eduardo Mondlane, de Maputo, sobre o aparecimento do Homo sapiens sapiens na África Austral. Tem mais de 200 publicações nacionais e internacionais, incluindo livros e artigos em revistas internacionais com referee e perto de duas centenas de comunicações e posters em congressos internacionais. Foi editor académico da revista PLOS ONE e é actualmente um dos Editor-in-Chief da nova revista Journal of Paleolithic Archaeology, publicada pela Springer-Nature Group.

Apresentará a projecção de slides GRUTAS E ARTE RUPESTRE AFRICANAS | MANUEL VIEGAS GUERREIRO E GRUTAS DAS SOLESTREIRAS | QUERENÇA no dia 3 DE AGOSTO

NUNO FERREIRA BICHO | Received his Ph.D. in Anthropology from Southern Methodist University, Dallas Texas, in 1992. He is currently an Associate Professor of Archaeology and the Director of the Interdisciplinary Center of Archaeology and Evolution of Human Behavior at the University of Algarve (ICArEHB). He served as Dean between 1998 and 2001 and 2005-2007 at the University of Algarve. He specialized in Paleolithic ecodynamics and his research focused on prehistoric costal hunter-gatherers of southern Iberia for the last three decades. More recently he has also developed research on the Mesolithic of the Tagus Valley and on Stone Age of Mozambique. He was an Academic Editor of PLOS ONE and, recently, was appointed as one of the Editors-in-Chief of the new Journal of Paleolithic Archaeology (Springer-Nature Group). Nuno Bicho has been the recipient of various grants, including four grants from National Geographic Society, Wenner Gren Foundation and the US and Portuguese National Science Foundations.

| SLIDES EXHIBITION CAVE PAINTINGS MOZAMBIQUE/CAVES QUERENÇA ON AUGUST 3 |

 

MIGUEL CASADO

MIGUEL CASADO | (Valladolid, Espanha, 1954) reside em Toledo e é autor de um extenso trabalho poético, crítico e de tradução. Como poeta, publicou Invernales (1985), La condición de pasajero (1986), Inventario (Premio Hiperión 1987), Falso movimiento (1993), La mujer automática (1996), Tienda de fieltro (2004) e El sentimiento de la vista (2015). Além da antologia de seu trabalho em francês, Pour un éloge de l'impossible (2017), os seus poemas foram traduzidos para português, inglês, alemão, árabe e holandês.

Além de edições do trabalho de vários poetas (Antonio Gamoneda, José Miguel, Ullán, Vicente Núñez ...) ou de livros colectivos, a sua escrita crítica integra volumes de ensaios como La puerta azul. Las poéticas de Aníbal Núñez (1999), Del caminar sobre hielo (2001), La poesía como pensamiento (2003), Archivos –Lecturas, 1988-2003 (2004), El vehemente, el ermitaño. Lecturas de Vicente Núñez (2004), Ramón del Valle-Inclán (2005), Los artículos de la polémica y otros textos sobre poesía (2005), Deseo de realidad (2006), El curso de la edad. Lecturas de Antonio Gamoneda (2009), La experiencia de lo extranjero (2009), La palabra sabe (2012) ou Literalmente y en todos los sentidos (Desde la poesía de Roberto Bolaño) (2015). Actualmente, mantém a coluna mensal "Tienda de fieltro" no jornal mexicano Periódico de Poesía e colabora na revista Rebelión. Traduziu obras de Paul Verlaine, Arthur Rimbaud, Francis Ponge ou Bernard Noël. As suas traduções mais recentes são El fuego hace su trabajo, de Roberto San Geroteo, e La moneda del tiempo, de Gastão Cruz. Foi membro de direcção de revistas como Los Infolios, El signo del sparión ou da hispano-portuguesa Hablar/Falar de Poesia e do coletivo de poesia "Estudios de Poética".

Participará na HOMENAGEM A GASTÃO CRUZ no dia 4 DE AGOSTO

MIGUEL CASADO | (Valladolid, Spain, 1954) lives in Toledo and is the author of an extensive poetic, critical and translation work. As a poet, he published Invernales (1985), La condición de pasajero (1986), Inventario (Premio Hiperión 1987), Falso movimiento (1993), La mujer automática (1996), Tienda de fieltro (2004) and El sentimiento de la vista (2015). In addition to the anthology of his work in French, Pour un éloge de l’impossible (2017), his poems have been translated to Portuguese, English, German, Arabic and Dutch.

In addition to editions of the work of several poets (Antonio Gamoneda, José Miguel, Ullán, Vicente Núñez...) or of collective books, his critical writing integrates volumes of essays like La puerta azul. Las poéticas de Aníbal Núñez (1999), Del caminar sobre hielo (2001), La poesía como pensamiento (2003), Archivos – Lecturas, 1988-2003 (2004), El vehemente, el ermitaño. Lecturas de Vicente Núñez (2004), Ramón del Valle-Inclán (2005), Los artículos de la polémica y otros textos sobre poesía (2005), Deseo de realidad (2006), El curso de la edad. Lecturas de Antonio Gamoneda (2009), La experiencia de lo extranjero (2009), La palabra sabe (2012) or Literalmente y en todos los sentidos (Desde la poesía de Roberto Bolaño) (2015). Currently, he maintains the monthly “Tienda de fieltro” column in the Mexican newspaper Periódico de Poesía and collaborates in Rebelión magazine. He translated works by Paul Verlaine, Arthur Rimbaud, Francis Ponge or Bernard Noël. His most recent translations are El fuego hace su trabajo, by Roberto San Geroteo, and La moneda del tiempo, by Gastão Cruz. He was a member of the board of magazines such as Los Infolios, El signo del gorrión or the Spanish-Portuguese Hablar/Falar de Poesia and the Poetry Collective "Estudios de Poética".

| TRIBUTE TO GASTÃO CRUZ ON AUGUST 4 |

 

ANTÓNIO CARLOS CORTEZ

ANTÓNIO CARLOS CORTEZ | (Lisboa, 1976) Poeta e crítico literário, publicou onze livros de poesia, os últimos dos quais em 2016: a antologia A DOR CONCRETA (tinta da china) e ANIMAIS FERIDOS (dom Quixote). Em 2017 publicou no Rio de Janeiro, na editora gato bravo, o livro CORVOS COBRAS CHACAIS. Tem poemas traduzidos em inglês, francês, castelhano, italiano e romeno. Recentemente recebeu o Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes 2018, atribuído pela Sociedade portuguesa de escritores, com A DOR CONCRETA (tinta-da china). Em 2011 venceu o prémio da Sociedade portuguesa de autores para melhor livro de poesia de 2010 com DEPOIS DE DEZEMBRO. É colaborador permanente das revistas de colóquio-letras e relâmpago. Assina a coluna de crítica literária do jornal de letras, "Palavra de Poesia". É professor de literatura portuguesa no Colégio Moderno, em Lisboa.

Participará na HOMENAGEM A GASTÃO CRUZ no dia 4 DE AGOSTO

ANTÓNIO CARLOS CORTEZ | (Lisbon, 1976) A Poet and literary critic, António published eleven books of poetry, the last of which in 2016: the anthology, CONCRETE PAIN (Tinta da China) and ANIMAIS FERIDOS (Dom Quixote). In 2017 he published the book CORVOS COBRAS CHACAIS in Rio de Janeiro, by the publisher Gato Bravo. He has poems translated into English, French, Spanish, Italian and Romanian. Recently won the Grand Prize of Poetry Teixeira de Pascoaes 2018, attributed by the Portuguese Society of writers, with A DOR CONCRETA (Tinta da China). In 2011, received the prize of the Portuguese Society of authors for best book of poetry in 2010 with DEPOIS DE DEZEMBRO. He is a permanent contributor to Colóquio-Letras and Relâmpago magazines. He writes the column of literary criticism of the Jornal de Letras, "Palavra de Poesia". He is a professor of Portuguese literature at the Colégio Moderno in Lisbon.

| TRIBUTE TO GASTÃO CRUZ ON AUGUST 4 |

 

CARLOS MARTINS DE JESUS

 

CARLOS MARTINS DE JESUS | É doutorado em Estudos Clássicos (especialidade de Literatura Grega) pela Universidade de Coimbra, com uma dissertação sobre poesia e iconografia nos epinícios de Baquílides. Desenvolve, à data, uma investigação de Pós-doutoramento financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia sobre a Antologia Grega (transmissão e tradução). Tem publicado um conjunto amplo de trabalhos, entre livros e artigos em revistas da especialidade, a maior parte dos quais dedicados à poesia grega e à sua relação desta com as artes plásticas. Assinou a tradução das obras de diversos autores gregos (Arquíloco, Baquílides, Ésquilo, Aristófanes, Plutarco, entre outros), além de trabalhar continuamente na direcção de teatro de tema clássico, em Portugal e Espanha.

Participará no Painel Literário LITERATURA E ARTES PLÁSTICAS no dia 5 DE AGOSTO

CARLOS MARTINS DE JESUS | Holds a Ph.D. in Classical Studies (specialization in Greek Literature) from the University of Coimbra, with a dissertation on poetry and iconography in the epinices of Baquílides. He is currently developing a Post-Doctoral research funded by the Foundation for Science and Technology on the Greek Anthology (transmission and translation). He has published a wide range of works, including books and articles in magazines of the specialty, most of them dedicated to Greek poetry and its relationship with the plastic arts. He signed the translation of several Greek authors (Archilochus, Baquílides, Aeschylus, Aristophanes, Plutarch, among others), as well as working continuously as director of classical theater in Portugal and Spain. Carlos Martins de Jesus is participating in the FLIQ'18 Literature and Fine Arts conference on the 5th of August. 

| LITERATURA E ARTES PLÁSTICAS, ON AUGUST 5 |


LÍDIA JORGE

LÍDIA JORGE | Nasceu no Algarve, região onde localizou a acção do seu primeiro livro, O Dia dos Prodígios, publicado em 1980, considerado uma marca na vanguarda literária do pós-revolução portuguesa.  Desde então tem publicado romances, contos, cónicas, ensaios, textos para teatro e livros para a infância. Os seus livros estão publicados em mais de vinte línguas. Tem recebido os mais importantes prémios para ficção do seu país e vários de âmbito internacional, como seja  o Prémio Jean Monet, escritor europeu do ano 2000, o  Prémio Albatros  da Fundação  Günter Grass, na Alemanha, ou o Prémio Luso-Espanhol de Cultura, promovido pelos Governos de Portugal e Espanha. Os seus últimos romances são Os Memoráveis e Estuário, um livro sobre a vulnerabilidade do mundo contemporâneo, publicado no passado mês de Maio.

Participará na HOMENAGEM A GASTÃO CRUZ no dia 4 DE AGOSTO

FOTO: Alfredo Cunha

LÍDIA JORGE | Was born in the Algarve, where he located the action of his first book, O Dia dos Prodígios, published in 1980, considered a mark in the literary avant-garde of the Portuguese post-revolution. Since then he has published novels, short stories, conics, essays, plays and books for children. His books are published in more than twenty languages. He has received the most important prizes for fiction in his country and several international ones, such as the Jean Monet Prize, European writer of the year 2000, the Albatros Prize of the Günter Grass Foundation in Germany, or the Luso-Spanish Prize of Culture, promoted by the Governments of Portugal and Spain. His latest novels are Os Memoráveis and Estuário, a book on the vulnerability of the contemporary world, published last May. 

| TRIBUTE TO GASTÃO CRUZ ON AUGUST 4 |

FHOTO: Alfredo Cunha

 

NUNO JÚDICE

 

NUNO JÚDICE | Nasceu em 1949, em Mexilhoeira Grande (Algarve). Formou-se em Filologia Românica pela Faculdade de Letras de Lisboa. Foi Professor Associado da Universidade Nova de Lisboa, onde se doutorou em 1989 com uma tese sobre «O espaço do conto no texto medieval» (Vega, 1991). Entre outras, fez as edições dos «Sonetos» de Antero de Quental (IN-CM, 1994), do «Cancioneiro» de D. Dinis (Teorema, 1998) e dos «Infortúnios trágicos da Constante Florinda» de Gaspar Pires Rebelo (Teorema, 2005). Publicou vários livros de ensaio de que se destacam «A viagem das palavras», Colibri, 2005, «O fenómeno narrativo», Colibri, 2005, «Abc da crítica», Dom Quixote, 2010. Exerceu as funções de Conselheiro Cultural da Embaixada de Portugal e Director do Instituto Camões, em Paris, de fim de 1997 até início de 2004. Desde Janeiro de 2009 é Director da revista «Colóquio-Letras» da Fundação Calouste Gulbenkian. Poeta e ficcionista, tem actualmente a sua obra publicada nas Publicações Dom Quixote. Está representado em numerosas antologias e está traduzido em diversas línguas. Dos muitos prémios recebidos destaca-se o Prémio Reina Sofia de poesia ibero-americana pela sua obra poética, em, 2013. 

Participará no Painel Literário LITERATURA E ARTES PLÁSTICAS no dia 5 DE AGOSTO

NUNO JÚDICE | He was born in 1949 in Mexilhoeira Grande (Algarve). He graduated in Romance Philology from the Faculty of Letters of Lisbon. He was an Associate Professor at the Universidade Nova de Lisboa, where he received his doctorate in 1989 with a thesis on "The space of the story in the medieval text" (Vega, 1991). Among others, he edited the "Sonetos" by Antero de Quental (IN-CM, 1994), D. Dinis's "Songbook" (Theorem 1998) and Gaspar Pires Rebelo's "Tragic Misfortunes" , 2005). He published several essay books highlighting "The Journey of Words", Colibri, 2005, "The Narrative Phenomenon", Colibri, 2005, "Abc of Criticism", Don Quixote, 2010. He served as Cultural Counselor of the Embassy of Portugal and Director of the Camões Institute, in Paris, from the end of 1997 until the beginning of 2004. Since January 2009, he has been Director of the Colóquio-Letras magazine of the Calouste Gulbenkian Foundation. Poet and fictionist, he has been currently published his work in Don Quixote Publications. He is represented in numerous anthologies and is translated into several languages. Of the many awards received, the Reina Sofia Prize for Ibero-American poetry stands out for its poetic work, in 2013.

| LITERATURA E ARTES PLÁSTICAS ON AUGUST 5 |

 

FERNANDO CABRAL MARTINS

FERNANDO CABRAL MARTINS | É Professor de Literatura Portuguesa na Universidade Nova de Lisboa. Escreveu sobre pintura e cinema e sobre a literatura portuguesa moderna, nomeadamente livros sobre Cesário Verde, Mário de Sá-Carneiro, Fernando Pessoa e Mário Cesariny. Organizou antologias anotadas e preparou várias edições literárias de poetas contemporâneos. Editou um livro de referência sobre Fernando Pessoa, modernismo e vanguarda portugueses, Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo Português. Também publicou livros de ficção.

Participará na HOMENAGEM A GASTÃO CRUZ no dia 4 DE AGOSTO

FERNANDO CABRAL MARTINS | Is a Professor of Portuguese Literature at the Universidade Nova de Lisboa. He has often written on portuguese painting and film, and focused on modern literature, namely books on Cesário Verde, Mário de Sá-Carneiro, Fernando Pessoa and Mário Cesariny. He organized annotated anthologies and prepared several literary editions of contemporary poets. He has edited one reference book on Fernando Pessoa, focused on the portuguese modernism and avant-garde, Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo Português. He has also published fiction books.

| TRIBUTE TO GASTÃO CRUZ ON AUGUST 4 |

 

GUILHERME D'OLIVEIRA MARTINS


GUILHERME D’OLIVEIRA MARTINS (n. Lisboa, 1952)

Administrador Executivo da Fundação Calouste Gulbenkian e Presidente do Grande Conselho do Centro Nacional de Cultura

Coordenador Nacional do Ano Europeu do Património Cultural 2018

Presidente do Conselho Fiscal da Caixa Geral de Depósitos, S.A.

Licenciado e Mestre em Direito. Professor Universitário Convidado

Doutoramento Honoris Causa pela Universidade Lusíada

Doutoramento Honoris Causa pela Universidade Aberta

Doutoramento Honoris Causa pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP)

Foi Presidente do Tribunal de Contas (2005-2015). Nos Governos de Portugal foi, sucessivamente, Secretário de Estado da Administração Educativa (1995-1999), Ministro da Educação (1999-2000), Ministro da Presidência (2000-2002) e Ministro das Finanças (2001-2002). Foi Presidente da SEDES - Associação para o Desenvolvimento Económico e Social (1985-1995) e Vice-Presidente da Comissão Nacional da UNESCO (1988-1994). Foi Presidente da Comissão do Conselho da Europa que elaborou a Convenção de Faro sobre o valor do Património Cultural na sociedade contemporânea [Faro, (Portugal) 27 de Outubro de 2005]. Foi Presidente da EUROSAI – Organização das Instituições Superiores de Controlo das Finanças Públicas da Europa (2011-2014) e Presidente do Conselho de Prevenção da Corrupção (2008-2015).

Autor de diversas obras, entre as quais: Oliveira Martins, Uma Biografia (1986); Ministério das Finanças, Subsídios para a sua História no Bicentenário da Secretaria de Estado dos Negócios da Fazenda (1988); Escola de Cidadãos (1992); O Enigma Europeu (1994); Educação ou Barbárie? (1999); O Novo Tratado Constitucional Europeu (2004); Portugal, Identidade e Diferença – Aventuras da Memória (2007; 2ª ed. 2008; 3ª ed. 2015); Património, Herança e Memória – A Cultura como Criação, 2009, 2ª ed. 2011; Mounier: O Compromisso Político, de Guy Coq (tradução e prefácio), 2012; Na Senda de Fernão Mendes – Percursos Portugueses no Mundo, 2014, 2ª ed. 2015; Ao Encontro da História - O Culto do Património Cultural (2018).

Apresentará a SESSÃO DE ENCERRAMENTO do FLIQ’18 no dia 5 DE AGOSTO

GUILHERME D'OLIVEIRA MARTINS (n. Lisbon, 1952)

Executive Director of the Calouste Gulbenkian Foundation and President of the Grand Council of the National Center of Culture

National Coordinator of the European Year of Cultural Heritage 2018

Chairman of the Fiscal Council of Caixa Geral de Depósitos, S.A.

Bachelor and Master in Law. Invited University Professor

Doctorate Honoris Causa from Universidade Lusíada

Doctorate Honoris Causa from the Open University

Doctorate Honoris Causa by the Higher Institute of Social and Political Sciences (ISCSP)

He was President of the Court of Auditors (2005-2015). In the Governments of Portugal he was Secretary of State for Educational Administration (1995-1999), Minister of Education (1999-2000), Minister of the Presidency (2000-2002) and Minister of Finance (2001-2002). He was President of SEDES - Association for Economic and Social Development (1985-1995) and Vice-President of the UNESCO National Commission (1988-1994). He was President of the Commission of the Council of Europe which drew up the Faro Convention on the Value of Cultural Heritage in Contemporary Society [Faro, (Portugal) 27 October 2005]. He was President of EUROSAI - Organization of the Supervisory Institutions of Public Finance in Europe (2011-2014) and President of the Council for the Prevention of Corruption (2008-2015).

Author of several works, among which: Oliveira Martins, Uma Biografia (1986); Ministério das Finanças, Subsídios para a sua História no Bicentenário da Secretaria de Estado dos Negócios da Fazenda (1988); Escola de Cidadãos (1992); O Enigma Europeu (1994); Educação ou Barbárie? (1999); O Novo Tratado Constitucional Europeu (2004); Portugal, Identidade e Diferença – Aventuras da Memória (2007; 2ª ed. 2008; 3ª ed. 2015); Património, Herança e Memória – A Cultura como Criação, 2009, 2ª ed. 2011; Mounier: O Compromisso Político, de Guy Coq (tradução e prefácio), 2012; Na Senda de Fernão Mendes – Percursos Portugueses no Mundo, 2014, 2ª ed. 2015; Ao Encontro da História - O Culto do Património Cultural (2018).

| CLOSING SESSION OF FLIQ'18 ON AUGUST 5 |


LUÍS FILIPE DE CASTRO MENDES

Embaixador LUÍS FILIPE DE CASTRO MENDES Ministro da Cultura Nasceu em 1950, em Idanha-a-Nova. É licenciado em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa, tendo sido adjunto dos Gabinetes do Ministro sem Pasta (1974-1975) e do Ministro dos Negócios Estrangeiros (1975).Foi aprovado no concurso de admissão aos lugares de adido de embaixada em 1974. Desempenhou funções na Embaixada em Luanda (1977-1979), na Embaixada em Madrid (1979-1982), na Casa Civil do Presidente da República (1983-1986), na Embaixada em Paris (1986-1991), na Missão Permanente junto do Conselho da Europa (1991-1993). Foi Diretor de Serviços da América do Sul e Central da Direção-Geral das Relações Bilaterais (1994-1995), e Chefe do Gabinete do Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação (1995-1998, Cônsul-Geral no Rio de Janeiro (1998-2000). Representou Portugal em Budapeste (2003-2007), com credenciais de Embaixador, e em Nova Delhi (2007-2009), também com credenciais de Embaixador. Foi Representante Permanente junto da Organização para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em Paris (2011-2012), e Representante Permanente junto do Conselho da Europa, em Estrasburgo (2012-2015). Luís Filipe de Castro Mendes estreou-se ainda na década de 1960 com poemas que publicava no suplemento juvenil do Diário de Lisboa e no suplemento literário do diário República. O seu primeiro livro data de 1983 e, desde então, a sua obra literária tem vindo a afirmar-se cada vez mais. Vinculada à tradição lírica portuguesa, a sua escrita integra de modo pessoal memórias individuais e coletivas, com uma notável consciência do Amor e da Morte, num diálogo cultural e estético em que, sobretudo nos seus livros mais recentes (A Misericórdia dos Mercados, 2014, e Outro Ulisses Regressa a Casa, 2016) se tem acentuado uma aguda noção do destino humano e algumas interrogações perante os rumos da sociedade contemporânea. Recebeu as seguintes condecorações: Grã-Cruz da Ordem do Mérito; Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique; Grande-Oficial da Ordem do Mérito, da Áustria; Grande-Oficial da Ordem de Leopoldo II, da Bélgica; Grande-Oficial da Ordem de Adolfo Nassau, do Luxemburgo; Comendador da Ordem do Rio Branco, do Brasil; Comendador do Ordem do Falcão, da Islândia; Oficial da Ordem do Mérito, do Congo; Oficial da Ordem de Isabel, a Católica, de Espanha; Oficial da Legião de Honra, de França; Cavaleiro da Ordem Real Victoriana, do Reino Unido. 

Participará na HOMENAGEM A GASTÃO CRUZ no dia 4 DE AGOSTO


Ambassador LUÍS FILIPE DE CASTRO MENDES

Minister of Culture

Born in Idanha?a?Nova, Portugal, 1950

Law Degree, University of Lisbon, Faculty of Laws 1974

  • Professional background:

Entered the diplomatic corps through public competition in 1974, serving as an adviser to the Minister of Foreign Affairs in 1975.

He was then stationed in the following positions:

-     1977 to 1979, Third Secretary – Portuguese Embassy in Luanda, Angola;

-     1979 to 1982, Second Secretary – Portuguese Embassy in Madrid, Spain;

-     1983 to 1986, Diplomatic Adviser of the President of the Republic of Portugal;

-     1986 to 1991, Counsellor – Portuguese Embassy in Paris, France;

-     1991 to 1993, Deputy Permanent Representative of Portugal to the Council of Europe in Strasbourg, France;

From 1994 to 1995 he was Director of Services to South America and from 1995 to 1998 Chief of Staff of the Secretary of State of Foreign Affairs and Cooperation. From 1998 to 2000, he was Consul-General to Rio de Janeiro, in Brazil

As ambassador, he represented Portugal in Budapest, Hungary, from 2003 to 2007 and in New Delhi, India, from 2007 to 2009.

He was also Permanent Representative of Portugal to UNESCO from 2011 to 2012 and to the Council of Europe from 2012 to 2016

In addition, Ambassador Castro Mendes is also a writer and a poet with several publications:

1983 – Recados, 1984 - Areias escuras, 1985 - Seis elegias e outros poemas, 1991 - A Ilha dos Mortos, 1993 - Viagem de Inverno, 1994 - O Jogo de fazer versos, 1995 - Correspondência secreta, 1996 - Modos de música, 1997 - Quadras ao gosto pessoano, 1998 - Outras canções, 1999 - Poesia reunida: 1985-1999: com o livro inédito Os amantes obscuros, 2001 - Os Dias inventados, 2007 - Os amantes obscuros: poemas escolhidos (1985-2001) – Bilingual publication in Portuguese and Danish, 2011 - Lendas da Índia - António Quadros Prize, 2014 - A misericórdia dos mercados, 2016 - Outro Ulisses regressa a casa, 2018 – Poemas Reunidos.

  • Awarded the following commendations:

Grand-Cross of the Order of Merit; Grand-Officer of the Order of Infante D. Henrique; Grand-Officer of Merit from Austria; Grand-Officer of the Order of Leopold II of Belgium; Grand-Officer of the Order of Merit of Adolphe of Nassau from Luxemburg; Commander of the Order of the Rio Branco of Brazil; Commander of the Order of the Falcon from Iceland; Officer of the Order of Merit from Congo; Officer of Order of Isabella of Castile from Spain; Officer of the Legion of Honour from France; Knight of the Royal Victorian Order from the United Kingdom.

| TRIBUTE TO GASTÃO CRUZ ON AUGUST 4 |


ADRIANA NOGUEIRA

ADRIANA NOGUEIRA | Doutorou-se em 2001, em Literatura e Cultura Clássicas. É docente da Universidade do Algarve desde 1995, onde tem ensinado diversas disciplinas, entre as quais Grego, Latim, Literaturas Grega e Latina, e Matrizes Culturais Europeias. Há vários anos que escreve mensalmente sobre livros e outros assunto no suplemento Cultura.Sul, do jornal O Postal do Algarve, e apoia as diversas actividades culturais para as quais a convidam, como apresentação de livros, moderações de encontros literários, leituras públicas, etc. Escreveu, como ficcionista, dois livros e dois contos. Como investigadora, publicou dezenas de artigos e alguns livros, dos quais se realça as traduções de dois diálogos de Platão (Eutidemo, publicado na INCM, e Teeteto, publicado na Fundação Calouste Gulbenkian). Actualmente, acumula o ensino com o cargo de directora da biblioteca da Universidade do Algarve. 

Será moderadora do Painel Literário LITERATURA E ARTES PLÁSTICAS no dia 5 DE AGOSTO

ADRIANA NOGUEIRA | Got her PhD in Classical Languages and Literatures in 2001 and she teaches at the Universidade do Algarve, since 1995.
For several years now, she writes monthly about books and classics, at the cultural supplement Cultura.Sul (part of the newspaper O Postal do Algarve)and she supports many cultural activities, such as book presentation, chairing literary debates, public readings, etc. As a writer, she wrote two books for youngsters and two shortstories. As a researcher, she published dozens of papers and a few books, namely the translations of two Plato's dialogues (Euthydemus and Theaetetus) in to Portuguese. Currentely, she is also the director of the Library of the Universidade do Algarve.
 
| LITERATURA E ARTES PLÁSTICAS ON AUGUST 5 |


DÁLIA PAULO

DÁLIA PAULO | (n. 1975) Museóloga e Gestora Cultural. Diretora Municipal de Administração e Planeamento da Câmara Municipal de Loulé (desde Dezembro 2017). Comissária do Programa “365 Algarve”, integrando o gabinete do Secretário de Estado da Cultura (2016-2017). Dirigiu o Museu Municipal de Loulé e foi Diretora de Departamento de Desenvolvimento Humano e Coesão e Chefe de Divisão de Cultura e Património da Câmara Municipal de Loulé, entre 2014 e julho de 2016. Presidente da Direção da Acesso Cultura no triénio 2016/2019. Vice-Presidente da Direção da Comissão Nacional Portuguesa do ICOM no triénio 2017/2020. Mestre em História da Arte Portuguesa pela Universidade do Algarve. Pós-graduada em Arqueologia Romana e Licenciada em História Variante de Arqueologia pela Universidade de Coimbra. Parte curricular do Doutoramento em Museologia 2007/2009 concluída. Foi diretora Regional de Cultura do Algarve de 2009 a 2013. Foi Diretora do Museu Municipal de Faro (2002 a 2009) e Diretora da Revista MUSEAL de 2006 a 2009. Foi uma das ideólogas e fundadoras da Rede de Museus do Algarve (2007) e da Rede AZUL, de Teatros do Algarve (2016). Especialista convidada da Universidade do Algarve em diferentes Mestrados e Faculdades.

Moderará a conferência TÓSSAN | 1918-2018, no dia 3 DE AGOSTO 

DÁLIA PAULO | (1975) Museologist and Cultural Management. Municipal Director at Loulé’s Municipality. Curator of the cultural programme “365 Algarve”, adviser of the Secretary of State of Culture (2016-2017). Head of Department and Head of Division at Municipality of Loulé (2014-2016), Director of Loulé Municipal Museum. President of the Board Acesso Cultura (2016/2019). Vice-chair person of ICOM Portugal (International Council of Museums) (2017/2020). Doctoral programme in museology (2007/2009). Master in Art History (2007). Degree in History –Archaeology (1996). Regional Director of Culture in the Algarve (2009-2013). Director of Faro’s Municipal Museum (2002-2009). Founder and director of MUSEAL, a specialized magazine in museology (2006-2009). Founder of Rede de Museus do Algarve (Algarve Museum network) (2007) and Rede AZUL (Algarve Theatre network) (2016). Invited expert at University of Algarve in different Masters and faculties. 

| TÓSSAN | 1918-2018, ON AUGUST 3 |


FREDERICO TÁTÁ REGALA


FREDERICO TÁTÁ REGALA dos Anjos Regala | Arqueólogo

Licenciado em História e Mestre em Arqueologia, está presentemente a desenvolver investigação arqueológica e espeleológica no âmbito de doutoramento na Universidade do Algarve (UAlg). Iniciou a actividade profissional em arqueologia no Instituto Português do Património Arquitectónico e Arqueológico, em 1996, e manteve-se desde então ao serviço das entidades de tutela do património cultural, transitando para a Direcção Regional de Cultura (DRC) de Lisboa e Vale do Tejo (2007), DRC do Alentejo (2008) e DRC do Algarve (2013), à qual permanece afecto. Esteve ligado a diversos projectos arqueológicos e actividades ligadas à gestão do património cultural promovidas por estas instituições e em colaboração com outras entidades. Publica regularmente trabalhos de investigação em revistas e outras edições de arqueologia e de espeleologia, portuguesas e internacionais. A dedicação à pesquisa espeleológica, paralelamente desenvolvida, inicia-se em 1989. Foi membro fundador da Associação de Estudos Subterrâneos e Defesa do Ambiente, em Torres Vedras, na qual tem ocupado cargos dirigentes. Promoveu diversos projectos espeleológicos por todo o país e além-fronteiras, encontrando-se a conduzir pesquisas espeleo-arqueológicas em Moçambique. Em 2016 foi galardoado com o Prémio Estácio da Veiga de Arqueologia e Evolução Humana, atribuído pelo Interdisciplinary Center for Archaeology and Evolution of Human Behaviour e UAlg. O arqueólogo estará numa campanha em Moçambique à data do FLIQ'18. O trabalho de investigação que tem desenvolvido junto das Grutas das Solestreiras, sitas em Querença, será apresentado na sessão de projecção de slides GRUTAS E ARTE RUPESTRE AFRICANAS | MANUEL VIEGAS GUERREIRO E GRUTAS DAS SOLESTREIRAS | QUERENÇA no dia 3 DE AGOSTO

FREDERICO TÁTÁ REGALA | Holds a degree in History, a Master's degree in Archaeology and is currently developing archaeological and speleological research for his PhD at the University of Algarve (UAlg). He began his professional archaeological activity in the Portuguese Institute of Architectural and Archaeological Heritage, in 1996, and has since been working continuously for Portuguese governmental institutions responsible for the cultural heritage, lately through the Regional Directorates of Culture in Lisbon (2007), Alentejo (2008) and from 2013 onwards in the Algarve, where he keeps affiliated. He has been involved in several archaeological projects and activities related with the study and management of cultural heritage within these and other institutions, including archaeological excavation campaigns in diverse sites ranging chrono-culturally from the Palaeolithic to the Contemporary. In 2016 he was awarded the Estácio da Veiga Prize for Archeology and Human Evolution (ICArEHB-UAlg). His commitment to speleological research developed earlier, in 1989, promoting various speleological projects throughout the country. Presently he is responsible for the ProPEA project, for the inventory and characterization of the speleological patrimony in the Algarve). In Mozambique he is also conducting speleological and archaeological research under the PaleoPrimateProject Gorongosa.

| SLIDES EXHIBITION CAVE PAINTINGS MOZAMBIQUE/CAVES QUERENÇA ON AUGUST 3 |


ANA DANIELA SOARES

ANA DANIELA SOARES | Licenciada em Enfermagem e Ciências da Comunicação, integra os quadros da RTP em 2004. Apresentou e fez reportagem em vários programas, concertos e emissões especiais na Antena 1 e Antena 2. Em 2014 coordenou o projeto solidário Toca a todos. Desde 2010 que apresenta a rubrica À volta dos livros transmitida de segunda a sexta-feira às 17h40 e 21h20 na Antena 1. Em 2013 foi distinguida com o Prémio Pro-Autor atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores. Actualmente, na Antena 1, modera (mas pouco…) o programa A páginas tantas com as escritoras Inês Pedrosa, Patrícia Reis e Rita Ferro. A partir de Setembro de 2015 integrou a coordenação da RTP 3, canal onde coordena e apresenta o programa Todas as palavras.

Será moderadora do Painel de ILUSTRAÇÃO no dia 5 DE AGOSTO

ANA DANIELA SOARES | First graduated in Nursing and afterwards in Communication Sciences. Since she joined RTP's staff in 2004 she's hosts and makes reports in several programs and special shows for Antena 1 and 2, both national radio stations. Since 2010, she is responsible for the radio program À volta dos livros, broadcasted in Antena 1 from Monday to Friday at 5:40 pm and 9:20 pm. In 2013, she was awarded the Pro-Author Prize by the Portuguese Society of Authors. In 2014, she coordinated the solidarity project Toca a todos. Currently, in Antena 1, she also hosts the program A páginas tantas, a book talk-show with the writers Inês Pedrosa, Patrícia Reis and Rita Ferro. From September 2015 on she joined the coordination board of the TV channel RTP 3, where she also leads and presents the program Todas as palavras.

| ILLUSTRATION, ON AUGUST 5 |