AUTORES E CONFERENCISTAS

 

ALBERTO MELO




ALBERTO MELO | Nasceu em Lisboa, em 1941. Licenciou-se em Direito (1963), na Universidade de Lisboa, e concluiu, em 1971, na Universidade de Manchester, uma Pós-graduação em Educação de Adultos.

Integrou a Comissão Instaladora da Escola Superior de Educação de Faro, em Dezembro de 1983, ficando desde então ligado ao Instituto Politécnico de Faro e à Universidade do Algarve, onde leccionou e, entre 2000 e 2007, coordenou o Gabinete dos Programas Europeus (incluindo ERASMUS). Entre 1986 e 1998, dirigiu uma associação de desenvolvimento local –In Loco- com intervenção no interior rural do Algarve.

Antes disso, tinha trabalhado em França: primeiro, como Consultor na OCDE, em seguida, como Conselheiro na Delegação Permanente de Portugal junto da UNESCO e, por fim, como Professor na Universidade de Paris IX. Também residiu em Inglaterra, onde foi docente na Open University e na Universidade de Southampton.

Foi responsável por diversas missões, nacionais e internacionais, em áreas como desenvolvimento local integrado, cidadania activa, democracia participativa, educação e formação de adultos.

Relativamente a este último sector, foi por duas vezes responsável pela elaboração e implementação da política pública, no interior do Ministério da Educação, primeiro como Director-Geral de Educação Permanente (1975-76) e, mais tarde, como Encarregado de Missão do Grupo responsável pela implementação do Projecto de Sociedade SABER+ (1997-99), que esteve na origem de medidas como os Cursos de Educação e Formação de Adultos e os Centros Novas Oportunidades, entre outras.

Em finais de Junho de 2007, foi nomeado, em comissão de serviço, Delegado Regional do IEFP, I.P., no Algarve, cargo que ocupou até Setembro de 2010, tendo em seguida regressado à Universidade, como Assessor do Reitor, passando à aposentação por limite de idade em finais de Janeiro de 2011.

Entre 2012 e 2015, foi Presidente da Direcção da Associação Amigos do Alentejo, onde se integra a Universidade Sénior de Loulé. Desde 2014, é Presidente do Conselho Executivo da APCEP, Associação Portuguesa para a Cultura e Educação Permanente.

 

Participará na conversa dedicada aos ESTUDOS GERAIS LIVRES NO SÉC. XXI, no dia 3 DE MAIO

 

ALBERTO MELO |  Alberto Melo was born in Lisbon in 1941. He graduated in Law (1963), at the University of Lisbon, and accomplished in 1971, a Postgraduate Diploma in Adult Education at the University of Manchester.In December 1983, he joined the setting up Commission of the Higher Education School of Faro, and since then he has been linked to the Technical College Institute of Faro and the University of the Algarve, where he lectured and where between 2000 and 2007 coordinated the Office of European Programs (including ERASMUS). Between 1986 and 1998, he directed a local development association - In Loco – activity of which, is in the rural interior of the Algarve.Before that, he had worked in France: firstly, as a Consultant for the OECD, then as a Counselor in Portugal´s Permanent Delegation to the UNESCO and, finally, as a Professor at the University of Paris IX. He also lived in England, where he taught at the Open University and at the University of Southampton.Alberto Melo was also responsible for several missions, national and international, in areas such as integrated local development, active citizenship, participatory democracy, adult education and training.With regard to the latter sector, he was twice responsible for the elaboration and implementation of the public policy within the Ministry of Education, firstly as the Managing Director for Permanent Education (1975-76) and later as the Group's Head of Mission, responsible for setting up the Project SABER+, (1997-99), which led to programs such as the Adult Education and Training Courses and the New Opportunities Centers, amongst others.At the end of June 2007, Alberto Melo was was appointed as a Regional Delegate of the IEFP, IP, in the Algarve, in a position he held until September 2010, at the end of which he returned to the University as an Advisor to the Rector.  He retired due to the working age limit at the end of January 2011.During the period between 2012 and 2015 Alberto Melo was President of the Board of the Association Friends of Alentejo, where the Senior University of Loulé operates.  Since 2014, he is President of the Executive Council of APCEP, the Portuguese Association for Culture and Permanent Education.

 

 | ROUND TABLE ESTUDOS GERAIS LIVRES ON MAY 3rd |


  

CATHERINE DUMAS



 

CATHERINE DUMAS | Professora emérita de língua e literatura portuguesas na Universidade da Sorbonne Nouvelle Paris 3. É autora da primeira tese de doutoramento em França sobre a obra da romancista portuguesa Agustina Bessa-Luís e de um livro sobre a mesma autora, Estética e Personagens (Campo das Letras, 2001). Interessa-se em especial no cruzamento das escritas do íntimo e do discurso poético, nas questões de género, no diálogo inter-artes e no diálogo entre os textos literários e a filosofia no âmbito da literatura-mundo.

Publicou numerosos livros colectivos e artigos sobre a ficção contemporânea e a poesia de língua portuguesa. Mantém uma actividade intensa de traducão do português para o francês sobretudo de poesia, mas também de ficção, teatro e diários. É membro de vários centros de pesquisa nas universidades francesas, portuguesas e brasileiras. Colabora, entre outras, na revista portuguesa Colóquio Letras.


Participará na Mesa Redonda de HOMENAGEM A NUNO JÚDICE, no dia 4 DE MAIO


CATHERINE DUMAS  Catherine Dumas is an emeritus professor of Portuguese language and literature at the University of the Sorbonne Nouvelle Paris 3. She is the author of the first doctoral thesis in France on the work of the Portuguese novelist Agustina Bessa-Luís and a book on the same author, Aesthetics and Characters (Campo das Letras, 2001). She is particularly interested in the intersection of intimate writing and poetic discourse, gender issues, inter-arts dialogue and dialogue between literary texts and philosophy in the context of world literature. She has published numerous collective books and articles on contemporary fiction and Portuguese-language poetry. She keeps an intense activity of translating from Portuguese to French mainly of poetry, but also of fiction, theater and diaries. She is a member of several research centers in French, Portuguese and Brazilian universities. She collaborates, among others, with the Portuguese magazine Colóquio Letras.

 

 | ROUND TABLE ON THE WORK OF THE POET NUNO JÚDICE, ON MAY 4th |

 

ELSA CONDE



ELSA CONDE | Sub-Comissária Plano Nacional Leitura 2027 | Licenciada em História, especializada em Ciências Documentais e mestre em Comunicação Educacional Multimédia. Exerceu funções letivas entre 1980 e 1995, foi bibliotecária e desenvolveu atividade regular como formadora.

Trabalhou na Rede de Bibliotecas Escolares entre 1997 e 2017, onde foi responsável pela elaboração e implementação do Modelo de Avaliação para as Bibliotecas Escolares e do Referencial Aprender com a Biblioteca Escolar, pela coordenação do projeto de cooperação em Moçambique do Programa RBE e pela coordenação interconcelhia das bibliotecas escolares em diversos municípios do Alentejo.

Em 1 de abril de 2017 foi nomeada subcomissária do Plano Nacional de Leitura 2017-27.

 

 Participará na MESA REDONDA dedicada à PROMOÇÃO DA LEITURA, no dia 5 DE MAIO


ELSA CONDE  She holds a degree in History, specialized in Documentary Sciences and a Masters in Multimedia Educational Communication. She held teaching positions between 1980 and 1995, was a librarian and developed regular activity as a teacher trainer. She worked in the School Libraries Network between 1997 and 2017, where she was responsible for the conception and implementation of the Evaluation Model for School Libraries and the Framework for Learning with the School Library, for the coordination of the cooperation project of the RBE Program in Mozambique and for the coordination of school libraries in several municipalities in the Alentejo. On April 1, 2017, she was appointed sub-commissioner of the National Reading Plan 2017-27.

 

| ROUND-TABLE ON PROMOTING READING, ON MAY 5th |



FRANCISCA VAN DUNEM




FRANCISCA VAN DUNEM | Magistrada e Ministra da Justiça | É Licenciada pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em julho de 1977.

Foi monitora de Direito Penal e Direito Processual Penal na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa entre 1977 e 1979. Foi assessora de sindicância e inquérito na Alta Autoridade contra a Corrupção, entre 1985 e 1987, em comissão de serviço. Delegada do Procurador da República no Tribunal do Trabalho, no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa e no Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa.

Integrou o Gabinete do Procurador-Geral da República entre 1999 e 2001. Foi diretora do Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa entre 2001 e 2007. Procuradora-Geral Distrital de Lisboa, de 2007 a 2015, ano em que suspendeu funções para tomar posse enquanto Ministra da Justiça do XXI Governo Constitucional.

Foi membro da Rede Judiciária Europeia em matéria penal entre 2003 e 2007. Representante do Conselho Superior do Ministério Público na Unidade de Missão para a Reforma Penal. Membro da Comissão de Revisão do Código de Processo Penal de 2009.

Foi representante de Portugal em várias reuniões e Comités Técnicos de Organizações Internacionais, nomeadamente o Comité Europeu para os Problemas Criminais, do Conselho da Europa e o Observatório Europeu dos Fenómenos Racistas e Xenófobos da União Europeia. Membro do Conselho Superior do Ministério Público.

Representante do Conselho Superior do Ministério Público no Conselho de Gestão do Centro de Estudos Judiciários.

Apresentará uma Aula Livre recreando o espírito dos ESTUDOS GERAIS LIVRES, no dia 3 DE MAIO

FRANCISCA VAN DUNEM | Francisca Van Dunem was born in Luanda, Angola, in 1955. She is a Deputy Prosecutor General. She holds a degree in Law [July 1977] from the Lisbon University School of Law (Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa). Prior to joining the Judiciary in September 1979, she was a Lecturer in Criminal Law and in Criminal Procedure Law for two years at the Lisbon University School of Law. She was a Legal Advisor Assistant in Inquiry and Inquest at the Anti-Corruption High Authority from 1985 to 1987.She was appointed Public District Prosecutor at the Labour Court, at the Preliminary Enquiry Court and at Lisbon’s Investigation and Prosecution Department (DIAP). She joined the Public Prosecutor General’s Office from 1999 to 2001. From 2001 to 2007, she was Head of Lisbon’s Investigation and Prosecution Department. Lisbon’s Deputy Prosecutor General from 2007 to 2015, when she suspended functions to be appointed member of the Portuguese Government as Minister of Justice. From 2003 to 2007, she served as a member of the European Judicial Network in Criminal Matters. She was in the Taskforce for the Reform of the Criminal Justice System representing the High Council of the Public Prosecution Service. She was a member of the Commission for Drafting the New Criminal Procedure Code in 2009. She has been representing the High Council of the Public Prosecution Service in the Management Board of the Judiciary Legal Studies Centre. She has been representing Portugal in several Meetings and Technical Committees of international institutions, inter alia, the Council of Europe’s Committee on Crime Problems and the European Monitoring Centre on Racism and Xenophobia.

 

| PRESENTING SESSION ABOUT ESTUDOS GERAIS LIVRES ON MAY 3rd |


GUILHERME D'OLIVEIRA MARTINS

 

 GUILHERME D’OLIVEIRA MARTINS (n. Lisboa, 1952) | Administrador Executivo da Fundação Calouste Gulbenkian e Presidente do Grande Conselho do Centro Nacional de Cultura, Coordenador Nacional do Ano Europeu do Património Cultural 2018, Presidente do Conselho Fiscal da Caixa Geral de Depósitos, S.A., Licenciado e Mestre em Direito. Professor Universitário Convidado, Doutoramento Honoris Causa pela Universidade Lusíada, Doutoramento Honoris Causa pela Universidade Aberta, Doutoramento Honoris Causa pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP).

Foi Presidente do Tribunal de Contas (2005-2015). Nos Governos de Portugal foi, sucessivamente, Secretário de Estado da Administração Educativa (1995-1999), Ministro da Educação (1999-2000), Ministro da Presidência (2000-2002) e Ministro das Finanças (2001-2002). Foi Presidente da SEDES - Associação para o Desenvolvimento Económico e Social (1985-1995) e Vice-Presidente da Comissão Nacional da UNESCO (1988-1994). Foi Presidente da Comissão do Conselho da Europa que elaborou a Convenção de Faro sobre o valor do Património Cultural na sociedade contemporânea [Faro, (Portugal) 27 de Outubro de 2005]. Foi Presidente da EUROSAI – Organização das Instituições Superiores de Controlo das Finanças Públicas da Europa (2011-2014) e Presidente do Conselho de Prevenção da Corrupção (2008-2015).

Autor de diversas obras, entre as quais: Oliveira Martins, Uma Biografia (1986); Ministério das Finanças, Subsídios para a sua História no Bicentenário da Secretaria de Estado dos Negócios da Fazenda (1988); Escola de Cidadãos (1992); O Enigma Europeu (1994); Educação ou Barbárie? (1999); O Novo Tratado Constitucional Europeu (2004); Portugal, Identidade e Diferença – Aventuras da Memória (2007; 2ª ed. 2008; 3ª ed. 2015); Património, Herança e Memória – A Cultura como Criação, 2009, 2ª ed. 2011; Mounier: O Compromisso Político, de Guy Coq (tradução e prefácio), 2012; Na Senda de Fernão Mendes – Percursos Portugueses no Mundo, 2014, 2ª ed. 2015; Ao Encontro da História - O Culto do Património Cultural (2018).

 

Participará na HOMENAGEM A NUNO JÚDICE no dia 4 DE MAIO

 

GUILHERME D'OLIVEIRA MARTINS (n. Lisbon, 1952) | Executive Director of the Calouste Gulbenkian Foundation and President of the Grand Council of the National Center of Culture, National Coordinator of the European Year of Cultural Heritage 2018, Chairman of the Fiscal Council of Caixa Geral de Depósitos, S.A., Bachelor and Master in Law. Invited University Professor, Doctorate Honoris Causa from Universidade Lusíada, Doctorate Honoris Causa from the Open University, Doctorate Honoris Causa by the Higher Institute of Social and Political Sciences (ISCSP). He was President of the Court of Auditors (2005-2015). In the Governments of Portugal he was Secretary of State for Educational Administration (1995-1999), Minister of Education (1999-2000), Minister of the Presidency (2000-2002) and Minister of Finance (2001-2002). He was President of SEDES - Association for Economic and Social Development (1985-1995) and Vice-President of the UNESCO National Commission (1988-1994). He was President of the Commission of the Council of Europe which drew up the Faro Convention on the Value of Cultural Heritage in Contemporary Society [Faro, (Portugal) 27 October 2005]. He was President of EUROSAI - Organization of the Supervisory Institutions of Public Finance in Europe (2011-2014) and President of the Council for the Prevention of Corruption (2008-2015). Author of several works, among which: Oliveira Martins, Uma Biografia (1986); Ministério das Finanças, Subsídios para a sua História no Bicentenário da Secretaria de Estado dos Negócios da Fazenda (1988); Escola de Cidadãos (1992); O Enigma Europeu (1994); Educação ou Barbárie? (1999); O Novo Tratado Constitucional Europeu (2004); Portugal, Identidade e Diferença – Aventuras da Memória (2007; 2ª ed. 2008; 3ª ed. 2015); Património, Herança e Memória – A Cultura como Criação, 2009, 2ª ed. 2011; Mounier: O Compromisso Político, de Guy Coq (tradução e prefácio), 2012; Na Senda de Fernão Mendes – Percursos Portugueses no Mundo, 2014, 2ª ed. 2015; Ao Encontro da História - O Culto do Património Cultural (2018).

 

| TRIBUTE TO NUNO JÚDICE ON 4th of MAY |

 

JOÃO FERRÃO


JOÃO FERRÃO | Geógrafo, investigador no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, onde coordena o Grupo de Investigação “Ambiente, Território e Sociedade” e o Conselho dos Observatórios.

É especialista em estudos urbanos, ordenamento do território e políticas de desenvolvimento local e regional.

Foi docente no departamento de Geografia da Faculdade de Letras de Lisboa, presidente da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Regional, consultor da OCDE, Secretário de Estado do Ordenamento do Território e das Cidades, membro do Conselho Científico das Ciências Sociais e Humanidades da Fundação para a Ciência e a Tecnologia e Pró-Reitor da Universidade de Lisboa.

Coordenou diversos estudos de avaliação de políticas públicas para o Governo português e para a Comissão Europeia.

É representante do Conselho dos Reitores das Universidades Portuguesas no Conselho Nacional do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

 

Participará na Mesa Redonda intitulada ESTUDOS GERAIS LIVRES NO SÉC. XXI, no dia 3 DE MAIO

JOÃO FERRÃO | Geographer, researcher at the Institute of Social Sciences of the University of Lisbon, where he coordinates the Research Group "Environment, Territory and Society" and the Council of Observatories. He is an expert in urban studies, planning, and local and regional policies. He was a lecturer in the Department of Geography of the Faculty of Arts of Lisbon, president of the Portuguese Association for Regional Development, consultant to the OECD, Secretary of State for Spatial Planning and Cities, Member of the Scientific Council for the Social Sciences and Humanities of the Foundation for Science and Technology, and Pro-Rector of the University of Lisbon. He coordinated several evaluation studies of public policies for the Portuguese Government and for the European Commission. He is a representative of the Council of Rectors of Portuguese Universities at the National Council for Environment and Sustainable Development.


| ROUND TABLE ESTUDOS GERAIS LIVRES ON MAY 3rd |

 

 

LUÍSA MARTINS



LUÍSA MARTINS | Nasceu em Moçambique no ano de 1965. Veio residir com a família para Loulé no ano de 1976, de onde os pais são originários, e aqui estudou até ao 12.º ano. Em 1986 tirou o curso de professora do Ensino Básico no Magistério Primário de Faro e foi na qualidade de trabalhadora estudante que, durante sete anos leccionou e terminou a licenciatura em História, a pós-graduação em História Regional e Local, e o Mestrado sobre a Expansão Marítima na Universidade de Lisboa.

Durante o tempo em que esteve em Lisboa aproveitou ainda para dar formação a professores na criação e desenvolvimento de projectos de Área-Escola nos Centros de Formação de Professores da Escola Secundária Luís de Camões e na Escola Secundária Herculano de Carvalho.

Entre 1996 e 1997 foi requisitada para a Direcção Regional da Cultura do Algarve, onde trabalhou em projectos de apoio a propostas dos agentes culturais algarvios e, em parceria com a Direcção Regional de Educação, desenvolveu a “Mostra das Escolas do Algarve”.

Em 1996 faz o curso de extensão universitária Scripta Volant: Medicos y Curanderos de Libros, Documentos. Restauracion de Pergamino y Papel, na Universidade de Sevilha e no ano de 1998 faz o curso de Marketing Cultural, no Centro Cultural de Belém.

Em 1998 foi trabalhar para o Instituto de Investigação Científica Tropical, tendo pertencido à equipa organizadora da “III Reunião Internacional de História de África”, em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian.

Em 1999 decidiu inscrever-se no doutoramento em História Contemporânea (área de Estudos Africanos e da Presença Portuguesa em África) na Universidade de Évora, onde se encontrava o seu coordenador de tese, recentemente chegado da Universidade Eduardo Mondlane, de Maputo.

Por motivos familiares vem definitivamente para o Algarve em Setembro de 1999, ingressando na Câmara Municipal de Loulé. Opta por ficar a residir em Faro, cidade onde nasceu o seu maior “diploma”: o seu filho, Daniel Filipe.

Desde 2000, é membro integrado do Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora, como investigadora.

Desde 1999 até 2008 trabalhou como Técnica Superior na Divisão de Cultura e Património, onde desenvolveu projectos de organização de conferências, estruturação de exposições temáticas, criação dos serviços educativos do Museu, entre outros projectos de investigação. Entre 2008 e 2013 exerceu o cargo de directora de Departamento de Intervenção Local e Gestão da Informação, assegurando a aplicação da plataforma electrónica de organização dos arquivos.

Em 2010 defendeu a tese para doutoramento na Universidade de Évora sobre os Namarrais do Norte de Moçambique, que terminou com o grau de muito bom com distinção e louvor. Nesse mesmo ano tirou o curso de Gestão Pública na Administração Local (GEPAL) dado pelo Centro de Estudos de Formação Autárquica de Coimbra.

Em 2011 vai fazer o mestrado em Alimentação - Fontes, Cultura e Sociedade na Universidade de Coimbra, vindo desde então a desenvolver um interesse acrescido pelas temáticas da história da alimentação como reflexo do devir das sociedades. Desde esse ano é investigadora e colaboradora do projeto DIAITA da Universidade de Coimbra do Centro de Estudos Clássicos.

De 2013 a 2017 foi coordenadora da Equipa de Projeto da Cidade Educadora e da Promoção da Cidadania, dinamizando a Rede Municipal Loulé Cidade Educadora e em 2018 foi Chefe de Unidade Operacional de Promoção da Cidadania e da Cidade Educadora. Atualmente desenvolve investigação no sentido da organização de exposições temáticas e de apoio ao desenvolvimento cultural junto da Direção Municipal de Administração e Planeamento.

No que respeita à investigação científica e à publicação de trabalhos científicos, desde 1993 que participa em conferências nacionais e internacionais no âmbito das suas áreas de formação. Já participou em Encontros Nacionais e Internacionais sobre História de África na Universidade de York, em Toronto, na Universidade de Avinhão, na Universidade Federal do Rio de Janeiro e na Universidade Cândido Mendes também no Rio de Janeiro, na Universidade de Elche, na vizinha Espanha, e noutros Encontros em Universidades portuguesas – Universidade de Lisboa, ISCTE, Fundação Calouste Gulbenkian, Instituto de Investigação Científica Tropical. Já participou em Encontros Nacionais e Internacionais no âmbito da formação em História Regional e Local e em História da Alimentação – Clube de Tavira, Arquivo de Loulé, Universidade de Lisboa, Universidade de Coimbra, Universidade de Trás os Montes e Alto Douro, Universidade de Tours, Universidade de Évora e Universidade do Algarve.

Tem vários artigos científicos publicados em revistas científicas e em suportes electrónicos de instituições científicas, assim como em publicações de carácter geral, que versam essencialmente sobre estudos africanos, estudos da alimentação e estudos de história regional e local.

Para além de ser sócia e colaborar com a Casa da Cultura de Loulé também pratica atletismo, integrando uma equipa desde 2013. O último grande desafio foi a maratona de Valência em Dezembro de 2018, que terminou com saúde e alegria.

 

Apresentará a MOSTRA DOCUMENTAL EGL, no dia 3 DE MAIO


LUÍSA MARTINS |  Born in Mozambique in 1965, she moved to Loulé with her family in 1976. She started by studying to be a Primary Teacher. She then carried on working while studying and later completed her History degree in Lisbon. She now has a PhD in Contemporary History, she is a Post Graduate in Local and Regional History and she has a Masters Degree in History of the Expansion and Discoveries, along with a Masters Degree in Alimentation - Sources, Culture and Society. Her PhD thesis is related to the Namarrais tribes, in Northern Mozambique. She has been invited to attend several conferences, both national and international, focusing on her academic subjects. She has been a cooperator with several Universities and has published scientific articles on several magazines and scientific websites. She has been working at the Loulé City Council, in Loulé, since 1999. She forms part of the House of Culture of Loulé and she practices running as part of a team since 2013. The last great challenge was the Valencia marathon in December 2018, which she was able to fully accomplish with a great joy.


| HOSTING THE FREE GENERAL STUDIES DOCUMENTAL EXHIBITION ON MAY 3rd |



LUÍSA MONTEIRO


 

 

LUÍSA MONTEIRO |Nasceu em V.N. de Famalicão e viveu em diversas cidades do país. Começou a escrever contos aos seis anos, os quais eram mandados para publicação pela mãe.

Venceu alguns prémios literários (Júlio Brandão, Florbela Espanca, Lions International e outros) e tem publicado por diversas editoras: Campo das Letras, Hugin, Âmbar, Âncora editores, Magno edições, Ausência, Roble Azul, Cama de Gato, Redil, municípios e centros de estudos).

Foi jornalista ao longo de 17 anos (Licenciatura e pós graduação em Ciências da Comunicação, na Universidade Fernando Pessoa - Porto) e iniciou-se no teatro profissional aos 14 anos de idade, após formação com Hélder Costa e Maria do Céu Guerra, tendo começado a encenar aos 21.

Na Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa, antigo Conservatório, fez a sua formação académica nesta área, tendo feito o Mestrado em Encenação Contemporânea. Fez ainda o Mestrado em Literaturas Modernas e Contemporâneas (Universidade Nova de Lisboa) e o Doutoramento (MB com Distinção e Louvor por unanimidade) em Literaturas Comparadas (Universidade Nova de Lisboa), assim como o curso de Doutoramento em Filosofia Contemporânea – Estética (Universidade de Évora). Na Universidade de Évora deu aulas de Estética Teatral e Dramaturgia.

No âmbito do seu pós-doutoramento (Universidade Nova de Lisboa), então bolseira da FCT, publicou um texto inédito de Fernando Pessoa, Inércia, assim como diversos textos críticos acerca da dramaturgia pessoana. Com quase meia centena de encenações, algumas das quais com textos da sua autoria, Luísa Monteiro tem trabalhado com companhias profissionais e amadoras em Portugal e no estrangeiro, acumulando com a docência e investigação em universidades, a edição e o trabalho em comunicação.

Tem mais de três dezenas de livros publicados, entre ficção, ensaio e biografia, assim como artigos em revistas académicas e artísticas.

É diretora artística do Festival T desde 2005 

Participará na HOMENAGEM A NÚNO JÚDICE no dia 4 DE MAIO


LUÍSA MONTEIRO | LM was born in V.N. of Famalicão and lived in several cities of Portugal. He began to write short stories at the age of six, which were sent for publication by his mother. He has won several literary prizes (Júlio Brandão, Florbela Espanca, Lions International and others) and has published by several publishers: Campo das Letras, Hugin, Amber, Ancora editors, Magno editions, Ausência, Roble Azul, Cama de Gato, Redil, centers of study). He was a journalist for 17 years (Licenciatura and postgraduate in Communication Sciences, at the Fernando Pessoa University - Porto) and began in the professional theater at the age of 14, after training with Hélder Costa and Maria do Céu Guerra, having started to stage at 21.In the Superior School of Theater and Cinema of Lisbon, former Conservatory, he made his academic training in this area, having taken his Masters in Contemporary Staging. He also received a Master's degree in Modern and Contemporary Literatures (New University of Lisbon) and a Doctorate (MB with Distinction and unanimous praise) in Comparative Literature (New University of Lisbon), as well as a PhD in Contemporary Philosophy - Aesthetics of Évora). At the University of Évora he taught theater aesthetics and dramaturgy. In the scope of his post-doctorate (Universidade Nova de Lisboa), then FCT grantee, he published an unpublished text by Fernando Pessoa, Inertia, as well as several critical texts about personal dramaturgy. With almost fifty plays, some of them with texts of his own, Luísa Monteiro has worked with professional and amateur companies in Portugal and abroad, accumulating with teaching and research in universities, editing and communication work. He has more than three dozen books published, between fiction, essay and biography, as well as articles in academic and artistic journals. She has been Artistic Director of the Festival T since 2005 #

 

 

| TRIBUTE TO NUNO JÚDICE ON MAY 4th |

 

 

MARIA LUCINDA FONSECA



 

MARIA LUCINDA FONSECA | É Professora Catedrática de Geografia Humana e Estudos das Migrações, no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa, coordenadora científica do grupo de investigação MIGRARE - Migrações, espaços e sociedades, do CEG -Centro de Estudos Geográficos e Diretora do Programa de Doutoramento em Migrações da Universidade de Lisboa.

É membro correspondente da Classe de Letras da Academia das Ciências de Lisboa e membro da Comissão Científica do Instituto de Estudos Urbanos e Regionais da Academia das Ciências da Áustria. Integra a Comissão Diretiva do Projeto Internacional Metropolis e o Conselho de Diretores e a Comissão Executiva da Rede de Investigação IMISCOE - International migration, integration and social cohesion in Europe.

Participou em numerosos cargos de gestão e direção na Universidade de Lisboa, com destaque para os seguintes: Membro do Conselho Diretivo da Faculdade de Letras, Diretora do Centro de Tradições Populares Portuguesas Manuel Viegas Guerreiro, Pró-Reitora, Membro do Conselho Geral e do Senado da Universidade De Lisboa, e Presidente do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território.

Coordenou e participou em projetos de investigação, nacionais e europeus, nos domínios das migrações internacionais, demografia, dinâmicas de transformação das cidades e planeamento e desenvolvimento regional e urbano. Tem numerosos trabalhos publicados em Portugal e no estrangeiro.

 

Participará na Mesa Redonda intitulada ESTUDOS GERAIS LIVRES NO SÉC. XXI, no dia 3 DE MAIO


MARIA LUCINDA FONSECA | Full Professor of Human Geography and Migration Studies at the Institute of Geography and Spatial Planning (IGOT), Universidade de Lisboa. She is also the Director of the PhD Program on Migration Studies and the coordinator of the Research cluster MIGRARE - Migration, spaces and societies at the Centre for Geographical Studies (CEG) of the same institute. Professor Fonseca is a corresponding member of the Section of Letters of the Academy of Sciences of Lisbon and integrates the Scientific Advisory Board of the Institute for Urban and Regional Research, Austrian Academy of Sciences.  She is a member of the International Steering Committee of the Metropolis International Project and of the Board of Directors and the Executive Board of IMISCOE Research Network - International migration, integration and social cohesion in Europe. She has served on numerous management and leadership positions at the University of Lisbon, namely the following: Directive Council of the Faculty of  Letters, Scientific Director of the Center for Portuguese Folk Traditions Manuel Viegas Guerreiro, Pro-Rector, Member of the Council and the Senate of the University of Lisbon, and President of the Institute of Geography and Spatial Planning. She coordinated and participated in several national and European research projects in the fields of international migration, demography, urban transformation dynamics and regional and urban planning and development. She has published extensively in Portugal and abroad.

 

 | ROUND TABLE ESTUDOS GERAIS LIVRES ON MAY 3rd |


RICARDO MARQUES



(Foto: Maria José Palla)

 

RICARDO MARQUES (Sintra, 1983) |Doutorado em Estudos Portugueses pela FCSH-UNL, com a primeira tese sobre a obra poética de Nuno Júdice (publicada em 2013 sob o título Na Teia do Poema: um percurso intertextual na obra poética de Nuno Júdice). Ocupa-se actualmente de uma investigação pós-doutoral sobre a eclosão das publicações periódicas do modernismo literário e artístico lusófono. 

Desenvolve actividade crítica em revistas da especialidade (Colóquio-Letras, JL, Relâmpago) sendo também tradutor de poesia e tendo editado dispersamente algumas dessas traduções. Neste âmbito foram publicados, entre 2011 e 2018, as antologias poéticas de Tennessee Williams, Amy Lowell, D.H. Lawrence, Vicente Huidobro, Patti Smith, Billy Collins, entre outros.

Publicou os seguintes livros de poesia:  Eudaimonia (2012), Servidões (2013), Makar (2014), Bucólica (2014), Didascálias (2014), Metamorphoses (2015), Ruinenlust (2016) e A noite (variações) (2017). Este ano prepara a publicação de uma antologia de poetas futuristas, vertidos pela primeira vez em português, selecionados e traduzidos por si, bem como um novo livro de poesia. 


Participará na Mesa Redonda sobre a obra de NUNO JÚDICE, no dia 4 DE MAIO.

 

RICARDO MARQUES | PhD in Portuguese Studies (FCSH-UNL) with the first thesis on the poetry of Nuno Júdice (published in 2013 under the title Na Teia do Poema: um percurso intertextual na obra poética de Nuno Júdice). He is engaged in a postdoctoral research on the outbreak of the periodical publications of Lusophone literary and artistic modernism. He is a literary reviewer in many literary magazines (Colóquio-Letras, JL, Relâmpago) being also translator of poetry and having edited dispersely some of these translations. In this frame, poetry anthologies by Tennessee Williams, Amy Lowell, D.H. Lawrence, Vicente Huidobro, Patti Smith, Billy Collins, and others were published between 2011 and 2018. He published the following books of poetry: Eudaimonia (2012), Servidões (2013), Makar (2014), Bucólica (2014), Didascálias (2014), Metamorphoses (2015), Ruinenlust  and A noite (2017). This year he prepares the publication of an anthology of futurist poets, in Portuguese for the first time, selected and translated by himself, as well as a new poetry book.


 | ROUND TABLE ON THE WORK OF THE POET NUNO JÚDICE, ON MAY 4th |